Eu posso – e devo – ler para o meu bebê?

Uma criança não vai entender tudo o que você está fazendo ou porquê de estar fazendo. Mas, certamente, ler em voz alta para o seu bebê é uma atividade compartilhada maravilhosa e extremamente benéfica para o seu filho(a)!

O ato de ler em voz alta é altamente saudável na medida em que:

  • Ensina o bebê sobre comunicação;
  • Apresenta conceitos como números, letras, cores e formas de uma maneira divertida;
  • Desenvolve habilidades de escuta, memória e vocabulário;
  • Dá aos bebês informações sobre o mundo ao seu redor.

Quando os bebês chegarem ao seu primeiro aniversário, eles terão aprendido todos os sons necessários para falar a sua língua nativa. Por isso, quanto mais histórias você ler em voz alta, mais palavras o bebê ouvirá e melhor será a sua habilidade de linguagem.

Além disso, ouvir histórias ajuda a construir uma rica rede de palavras no cérebro de um bebê. As crianças que ouvem histórias, geralmente, sabem mais palavras aos 2 anos do que as crianças que não ouviram histórias, facilitando, inclusive, o processo de aquisição de leitura.

O que acontece quando você lê para o seu bebê

  • O seu bebê ouve você usando muitas emoções diferentes e sons expressivos, estimulando o desenvolvimento social e emocional;
  • Incentiva o seu bebê a olhar, apontar, tocar e responder a perguntas, estimulando o desenvolvimento social e as habilidades de pensamento;
  • O seu bebê melhora as habilidades de linguagem, copiando sons, reconhecendo imagens e aprendendo palavras;

Além de tudo isso ler em voz alta estabelece uma conexão entre as coisas que o bebê mais ama – sua voz e proximidade com você – e os livros. Passar um tempo lendo com seu bebê mostra que a leitura é importante e se bebês e crianças ouvem histórias com frequência, eles começam a associar livros à felicidade – e novos leitores são criados.

Idades diferentes, estágios diferentes

Os bebês pequenos podem não saber o significado das figuras em um livro, mas podem se concentrar neles, especialmente nos rostos, nas cores vivas e nos padrões diferentes. Por este motivo, listaremos, abaixo, as melhores escolhas de histórias de acordo com a idade da criança.

Entre 4 e 6 meses

O seu bebê pode começar a mostrar mais interesse em livros. O seu filho(a) vai ser capaz de segurar os livros, mas vai querer levá-los à boca, mastiga-los para, em seguida, largá-los de lado. Escolha livros resistentes (de vinil ou tecido) com cores vivas e um texto familiar, repetitivo ou rimado.

Entre 6 e 12 meses

O seu bebê começa a entender que as figuras representam objetos e pode começar demonstrar em certos padrões de figuras, páginas ou mesmo em algumas histórias específicas. O seu bebê responderá enquanto você lê, pegando o livro e emitindo sons. Aos 12 meses, o seu filho(a) virará páginas (com alguma ajuda), dará tapinhas ou começará a apontar para objetos em uma página e repetirá seus sons.

Quando e como ler

A melhor notícia sobre a leitura em voz alta é: não é necessário ter habilidades ou equipamentos especiais. É apenas sobre você, seu bebê e alguns livros. Leia em voz alta por alguns minutos, mas faça isto com frequência. Não se preocupe em terminar livros inteiros – concentre-se nas páginas que você e seu bebê gostam.

Tente ler todos os dias, talvez antes de dormir. Ler antes de dormir dá a você e a seu bebê a chance de se abraçarem e se conectarem, além de definir uma rotina que ajudará a acalmar seu bebê.

Dicas para o momento da leitura

  • Abraçar o seu bebê enquanto lê para ele(a) ajuda a fazer com que se sinta seguro(a), quente e conectado(a) a você;
  • Leia com expressão: aumente ou diminua a sua voz quando for apropriado ou use vozes diferentes para personagens diferentes;
  • Não se preocupe em seguir o texto exatamente. Pare de vez em quando e faça perguntas ou faça comentários na visualização de figuras ou em momentos diferentes do texto. (“Onde está o gatinho? Lá está ele! Que gatinho fofo!”). O seu filho(a) pode não ser capaz de responder ainda, mas isso estabelece as bases para fazê-lo mais tarde;
  • Cante rimas infantis, faça sons engraçados de animais qualquer outra coisa que mostre que a leitura é divertida;
  • Os bebês amam – e aprendem com – a repetição. Portanto, não tenha medo de ler os mesmos livros repetidamente. Ao fazê-lo, repita sempre a mesma ênfase que faria com uma música familiar;

O que ler

Os livros para bebês devem ter texto simples, repetitivo e familiar, além de imagens nítidas. Durante os primeiros meses de vida, o seu filho(a) gosta de ouvir sua voz. Assim, você pode ler quase tudo, especialmente livros com uma canção ou texto rimado. À medida que seu bebê fica mais interessado em ver as coisas, escolha livros com fotos simples e fundos sólidos.

Livros com espelhos e texturas diferentes (enrugadas, macias e arranhadas) também são ótimos para essa faixa etária. Assim como livros dobráveis ​​ ou livros com abas que se abrem para uma surpresa. Os livros de tabuleiro tornam a página mais fácil para as crianças, e os livros de vinil ou de pano podem ir a qualquer lugar – até para o banho! Bebês de qualquer idade gostam de álbuns de fotos com imagens de pessoas que conhecem e amam e absolutamente todos os bebês adoram rimas infantis!

Veja alguns livros interessantes para ler para o seu bebê

Deixe um comentário