Como trocar e escolher as fraldas do meu bebê?

Os pais irão passar – sem dúvida – muito tempo trocando fraldas. De fato, os bebês podem usar mais de 10 fraldas por dia e, por esse motivo, é importante que se aprenda a fazer isso da maneira mais correta possível. Trocar fraldas pode parecer bastante complicado no começo, mas, com um pouco de prática, você descobrirá que é mais fácil do que se imagina manter o seu bebê limpo e seco.

Para te ajudar nesse processo, listaremos as etapas envolvidas na troca de fraldas e algumas dicas facilitadoras:

1. Preparando o seu kit de limpeza.

Antes de começar, separe os seguintes suprimentos:

  • uma fralda;
  • alfinetes ou prendedores (se você estiver usando fraldas de pano);
  • um recipiente com água morna;
  • algodão (para bebês com pele sensível), um pano limpo ou lenços de fralda;
  • pomada de assadura ou vaselina (para prevenção e tratamento de erupções cutâneas);
  • um trocador ou fralda de pano para colocar debaixo do bebê.

Verifique se todos os suprimentos estão ao seu alcance. Os bebês nunca devem ser deixados sem vigilância, nem por um segundo. Até os recém-nascidos podem surpreender os pais com sua capacidade de rolar.

2. Limpando o bebê.

Usando o pano úmido, algumas bolinhas de algodão ou lenços umedecidos, limpe cuidadosamente seu bebê de frente para trás (nunca o limpe de trás para frente, especialmente as meninas, ou você pode espalhar as bactérias que podem causar infecções do trato urinário). Você pode levantar as pernas do bebê pelos tornozelos para alcançar o bumbum. Não se esqueça dos vincos das coxas e a região entre as nádegas.

No cuidado dos meninos, mantenha sempre uma fralda limpa sobre o pênis durante a troca. A exposição ao ar geralmente faz com que os meninos urinem – em você, nas paredes ou em qualquer outra coisa dentro do alcance. Acredite! Vale a pena não se esquecer deste detalhe.

Quando terminar de limpar, seque com um pano limpo e aplique a pomada de assaduras.

3. Optando por fraldas descartáveis.

Se você estiver usando fraldas descartáveis, abra a fralda e deslize-a para que ela fique embaixo do bebê enquanto você levanta delicadamente as pernas e os pés. A parte traseira com as tiras adesivas deve ficar nivelada com o umbigo do seu bebê.

Coloque a parte da frente da fralda entre as pernas do bebê e encoste-a na barriga dele. Envolva as tiras adesivas ao redor da parte superior e aperte firmemente. Tome muito cuidado para não colar a fita adesiva na pele do bebê.

Dicas extras:

O lixo deve ser esvaziado regularmente (cerca de uma vez por dia) se você estiver usando descartáveis. Isso evita um balde de fraldas com um cheirinho desagradável e o crescimento de bactérias.

Se você encontrar alguma marca nas pernas e na cintura do bebê, a fralda está muito apertada. Faça um ajuste mais flexível na próxima vez. Se continuar com as marquinhas, seu bebê cresceu e você deve comprar fraldas maiores.

Se surgir alguma erupção cutânea nas aberturas da fralda ao redor da perna e da cintura do bebê, mude a marca da fralda que está usando. Às vezes, os bebês se tornam sensíveis a certas marcas de fraldas.

Se estiver usando fraldas para um menino, coloque o pênis em uma posição virada para baixo antes de prender a fralda. Isso ajudará a impedir que vazamentos subam acima da cintura.

Dobre a cintura da fralda caso o cordão umbilical do bebê ainda não tenha caído. Assim você ajuda manter a área seca

Sempre lave bem as mãos depois de trocar a fralda do bebê para evitar a propagação de germes.

4. Optando por fraldas de pano.

A maioria dos pais escolhe utilizar as fraldas descartáveis pela sua conveniência. No entanto, alguns pais mais tradicionais optam uso de fraldas de pano que podem ser financeiramente mais acessíveis se você reutilizá-las após a lavagem. Alguns acreditam que as fraldas de pano são mais

As fraldas de pano vêm em várias formas e tamanhos. Os tipos mais modernos são ajustados ou contornados como fraldas descartáveis e vêm com fechos em anexo ou fechos de velcro. Outros acessórios para fraldas de pano incluem camisas absorventes (algumas são laváveis), dobradores de fraldas para proteção extra à noite e capas de fraldas para ajudar a evitar vazamentos.

Se você estiver usando fraldas de pano tradicionais, existem várias maneiras de prendê-las. Uma das maneiras mais comumente usadas é a dobra triangular, que se faz dobrando o quadrado ao meio para formar um triângulo. Para isto, coloque o bebê na fralda levantando suavemente os pés e as pernas do bebê e deslizando a fralda para baixo. O lado mais comprido do triângulo deve ficar atrás das costas do bebê, com o canto oposto apontando para os pés. Coloque a parte da frente da fralda entre as pernas do bebê e encoste-a na barriga dele.

Traga um lado para que ele se sobreponha à parte central. Traga o outro lado para que ele se sobreponha às outras duas partes. Prenda as três partes com um pino de segurança.

Se usar fraldas que exijam fixação, use pinos de tamanho grande com cabeças de segurança de plástico. Para evitar picar o bebê, mantenha a mão entre o alfinete e a pele dele.

As fraldas molhadas podem ser jogadas diretamente no balde, mas as fraldas sujas devem ser esvaziadas primeiro no banheiro – especialmente se o bebê for alimentado com fórmula ou com sólidos. Algumas pessoas enxaguam a fralda antes de lavá-la. Você também pode optar por borrifar as fraldas com água e bicarbonato de sódio para melhor controle do odor.

Se você estiver lavando as fraldas, lave-as separadamente de outras roupas, usando um detergente neutro hipoalergênico ou recomendado para roupas de bebês. Não use produtos amaciadores ou antiestáticos, pois podem causar erupções cutâneas na pele sensível do bebê. Use água quente e enxague duas vezes a cada lavagem.

Sempre lave bem as mãos depois de trocar a fralda do bebê para evitar a propagação de germes.

5. Prevenindo o surgimento de assaduras.

É comum que os bebês apresentem assaduras, mas se a erupção cutânea acontecer com frequência, durar mais de 2 ou 3 dias ou piorar, ligue para o seu médico. Informe também o seu médico se o seu bebê tiver febre com erupção cutânea ou se a erupção parecer dolorosa, vermelha brilhante ou com bolhas.

Para prevenir e ajudar a curar assaduras, lembre-se de:

  • Trocar as fraldas com frequência e logo após evacuações. Limpe a área suavemente. Limpar vigorosamente ou esfregar pode irritar ainda mais a erupção cutânea.
  • Usar uma pomada de assaduras para prevenir e curar erupções cutâneas. Procure um com óxido de zinco, que atua como uma barreira contra a umidade.

Deixe um comentário